Relato do Parto

06:00 5 Comentários A + a -

Olá meninas, tudo bem? Hoje vim contar como foi meu parto, já vou pedir desculpas porque o texto vai ficar um pouco longo heheheh
Tudo começou na sexta que comecei a sentir dores ''fracas'' que eu nunca havia sentido antes, eu estava no aniversario da minha vizinha e resolvi voltar para casa pois as dores estavam bem incômodas. tomei banho e fui deitar pensando que iria dormir, porem isso não aconteceu. As dores só iam aumentando. quando deu 07:00 da manha eu acordei o Lucas meu marido e falei: vamos para o hospital pois as dores estão super fortes, levantei tomei banho e fomos. Cheguei no hospital santa casa de misericórdia eram 08:30 e entrei para avaliação e estava com 2 cm de dilatação o medico mandou eu caminhar 2 horas para dilatar pois com 2 cm ele não poderia me internar. Caminhei duas horas no pátio do hospital e voltei para ser reavaliada e para minha surpresa NADA havia mudado, as contrações estavam de 5 em 5 minutos e de 4 em 4 minutos e nada da dilatação evoluir, sendo assim o medico mandou eu caminhar mais duas horas mas eu estava com muita dor e com fome e resolvi ir na casa da minha sogra almoçar e depois voltar para o hospital. Cheguei na minha sogra almocei e tomei banho e as dores só aumentavam então minha sogra disse para irmos para o Hospital de Clínicas que é um hospital referência aqui em Porto Alegre. Fomos para o clinicas e para meu azar o hospital estava MEGA LOTADO e eles fizeram de tudo para me mandar embora mas eu bati o pé e fiquei ali. fiz avaliação e a dilatação não aumentou então eles me colocaram numa sala para tomar remédio na veia para a dor passar e isso já eram 17:00 da tarde. Fiquei 1 hora só esperando para receber o remédio pois não tinham médicos para atender. quando a enfermeira foi aplicar o remédio eu falei para ela que tinha MUITO pani de agulha e ela bem mal educada falou: Então vou te colocar o acesso pois não tenho paciência para fiascos. Dito e feito ela colocou o acesso e quando foi aplicar os medicamentos comecei a gritar dizendo que estava ardendo o medicamento e comecei a me tremer e ela achou que eu estava tendo reação alérgica ao medicamento e ficou comigo por um bom tempo pois se sentiu ''culpada'' por não ter me dado ouvidos. Tomei o medicamento e já haviam passado duas horas e NADA do remédio fazer efeito pois eu já estava em trabalho de parto, voltei para fazer exame de toque e nada de evoluir e nisso eu já estava com o colo do útero todo machucado pois as estudantes do hospital de clínicas que faziam toque antes da doutora fazer tinham as unhas super grandes e aina pintadas de preto, achei um absurdo. eram 23:00 me mandaram para casa MESMO EM TRABALHO DE PARTO porem avisei que morávamos longe e que não ia embora. Então o médico disse: Ok, caminha até as 03:00 da manha no corredor e volta para fazer avaliação. la fui eu caminhar, quando era 01:30 da manha fomos para o 3º andar do clínicas e o lucas se deitou em um sofá para tentar dormir enquanto eu caminhava e fazia agachamentos. Chegou 03:00 subi de escada do 3º andar até o 13º para ver se ajudava a dilatar. Chegando la eu fui avaliada eram 06:00 da manha passada  de domingo pois o hospital estava mais lotado ainda e para minha felicidade eu estava com 4 cm de dilatação porem o hospital não tinha vaga e não podia me internar. La fui eu para meu hospital referência Presidente Vargas. Chegando la fui fazer avaliação e a medica super grossa foi fazer o exame de toque e a luva rasgou e ela com as unhas enormes me machucou que chegou a sangrar. Me internou na hora, Enquanto o lucas ia la embaixo assinar minha internação eu estava dentro do C.O chorando que não queria ficar la naquele hospital SUJO e cheio de INFILTRAÇÕES. Me colocaram  numa cama toda desarrumada e SUJA. Quando para minha surpresa a médica entrou no C.O e disse: Thais quem sabe tu caminha mais 2 horas e volta? na mesma hora eu concordei e me mandei daquele hospital imundo. O lucas já não aguentava mais e eu menos ainda que já estava fechando 24 horas em trabalho de parto. Então resolvi voltar para o Santa Casa de Misericórdia e fiz uma avaliação, para minha felicidade eu estava com 5 para 6 cm de dilatação e fui internada na hora. Lembro que pensei: graças a Deus um hospital limpo e de qualidade. O lucas foi fazer minha internação e eu já fui tirar sangue para fazer os exames e etc... Logo fui de cadeira de rodas para o C.O mesmo sem eu querer pois eu conseguia caminhar ainda mas a médica disse: vamos de cadeira de rodas porque essa é a carruagem da felicidade. Cheguei no C.O a medica disse para mim por a roupa do hospital e eu pedi para tomar um banho e la fui eu fiquei 30 minutos em baixo do chuveiro e coloquei a roupa mas ai eu já estava com dor de 4 em 4 e de 3 em 3 minutos com duração de 40 segundos a 1 minuto. me deitei na cama e fiquei fazendo MAP enquanto o lucas ficava do meu lado e isso já era 13:30 da tarde e segundo as médicas até as 18:00 eu já estaria com a Júlia nos braços (DOCE ILUSÃO). As horas foram passando e já eram 20:00 e eu estava louca de fome sendo que eu não comia desde SÁBADO e  já era SEGUNDA a noite. Quando foi 21:30 a medica fez o toque e estourou minha bolsa e eu fiquei descontrolada e já gritava de dor e não aguentava mais, o plantão trocou e eu já havia tomado mais dois banhos e nada de amenizar as dores. As contrações estavam de 2 em dois minutos com duração de 1 minuto, 1 minuto e 30 segundos então já não dava tempo nem de respirar. Eu apertava o lucas e o medico me colocou o MAP e eu já não conseguia parar quieta e quase acabei mordendo o lucas pois me descontrolei e não conseguia respirar mais e o lucas me abanava. quando deu 10:00 Foi quando os batimentos da Júlia caiam de 50 e subiam a 230 foi quando fizeram o toque e disseram CESÁRIA, GRAÇAS A DEUS!!!
A equipe estava toda ali e a médica me colocou a sonda e me encaminharam para a sala do parto. A médica mando eu fazer perninha de índio e abaixar o queixo até o peito e o anestesista aplicou a injeção que eu nem senti. Porem, a anestesia demorou 10 minutos para fazer efeito os médicos já estavam até preocupados e enquanto isso eu já havia tentado me jogar da maca da cirurgia 3 vezes e até que enfim a anestesia fez efeito e em menos de 5 minutos minha princesa nasceu e logo já foi levada para avaliação pois estava cansada e o lucas foi junto com ela, nem chegaram a colocar ela no meu peito. Nisso eu apaguei enquanto faziam os procedimentos e quando acordei estava uma correria na sala para me aspirar pois havia rompido uma artéria minha mas graças a Deus deu tudo certo. E então eu apaguei novamente e quando acordei eu estava na sala de recuperação e o lucas chegou com minha princesa nos braços e logo já coloquei ela para mamar e que esfomeada ela era. Então deu mais 30 minutos e a anestesia já havia passado e eu fui para o quarto com minha princesa e meu amor Lucas. Depois que tudo passou a princesa dormiu e eu e o lucas dormimos também. Depois de ter passado por tudo isso tenho a certeza que não teria conseguido se o Lucas não estivesse do meu lado. Ele me ajudou demais. Bom meninas o relato ficou grande mas contei tudo detalhadamente.
Espero que tenham gostado, Beijos!!







5 comentários

comentários
12:36 Apagar

Que batalha em, mas quando passa a gente vê o quanto valeu a pena
Muito linda sua princesa
Deus abençõe sua família

Reply
avatar
14:37 Apagar

é verdade, foi dificil, mas deus me deu forças e veio minha princesa com toda saúde!!

Reply
avatar
15:34 Apagar

Foi muito sofrido,seu parto mais Jesus deu vitória ,Deus mim guarde ,e ainda para completar essa enfermeira, cavalas ,só Deus mesmo vio.

Reply
avatar
15:57 Apagar

é verdade, a pior parte é ter que fazer exame de toque pelos estudantes e depois pelas enfermeiras chefes para ter certeza.

Reply
avatar
16:39 Apagar

Grande luta e maratona, hein? Querida. Parabéns pelo bebê e pela sua batalha... é sempre uma vitória!
Mas eu só queria te explicar uma coisa, só pra clarear. O trabalho de parto começa aos 6 cm de dilatação, de acordo com os novos estudos passaram de 5cm pra 6cm. Esta dor que sentiu, e eu sei como é.. dói mesmo, e cansa, incomoda: chamamos de fase latente do parto. Ela vem antes do trabalho de parto e tem exatamente as características que descreve. É por isto que os hospitais não internam. A mulher pode ficar dias e dias na fase latente. A sua foi como a minha, longa e cansativa. O trabalho de parto ativo dói mais, mas por outro lado ficamos meio fora de eixo, perdemos a noção do tempo e mal conseguimos conversar, às vezes nem raciocinar, é a chamada “Partolândia”, isto nos anestesia e fortalece. Então, para mim, como mulher e como doula que sou a parte mais delicada e que precisa de mais atenção (de uma doula ou de alguém que entenda do comportamento da mulher nestas fases) é a fase latente. No trabalho de parto mesmo a gente se desliga e acontece sem precisar de ajuda esta fase ativa do trabalho de parto (de 6 a 10 cm) também passa super rápido, pelo menos na metade do tempo que a primeira fase...
Só queria te contar pra confortar seu coração, não ia ser mesmo uma boa te internar antes de 6 cm. Pena que você não sabia disto antes, talvez pudesse voltar pra casa e namorar,rs. Grande abraço e muita felicidade com a sua garotinha linda!

Reply
avatar